Comércio espera crescimento de até 15% nas vendas do Natal

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estima que as vendas do comércio no Natal deste ano vão crescer de 12% a 15%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo nota da entidade, se confirmada essa estimativa, o natal de 2004 "será o melhor dos últimos três anos".O mês de dezembro é o melhor período de vendas para o comércio varejista, que chega a faturar no período 20% de todo o movimento do ano. Segundo a nota da CNDL, o presidente da entidade, Carlos Henrique Levandowski, acredita que mesmo com o aumento da taxa de juros pelo Banco Central, nos últimos meses, as vendas não serão prejudicadas."Este ano nós temos uma vantagem em relação ao ano passado: o nível de desemprego diminuiu, ou seja, há mais pessoas empregadas podendo consumir, e houve também uma recuperação do crédito, apesar do Banco Central ter aumentado a Selic nos últimos meses", afirmou Levandowski em nota divulgada hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.