Comércio no Porto de Santos aumenta em US$ 3 bi em 4 meses

O secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ivan Ramalho, disse esta manhã que o volume de importação e de exportação movimentado pelo Porto de Santos, de janeiro a abril deste ano, aumentou em cerca de US$ 3 bilhões, se compararado ao mesmo período do ano passado. Nesse período, afirmou, as exportações cresceram 36,5% e as importações, 24,6%. Segundo Ramalho, isso reflete a importância do complexo de Santos no comércio internacional brasileiro e referenda a necessidade de ampliação que possa garantir a manutenção da importância do porto. "Não há dúvida que existe preocupação e atenção do governo federal com a questão logística, não só dos portos, mas também em relação às vias de acesso a eles", afirmou. O secretário fez palestra no seminário "Santos Export 2004", realizado no Hotel Blue Tree Park, em Brasília, para debater alternativas de melhoria da infra-estrutura do Porto de Santos. ChinaIvan Ramalho disse que apesar da perspectiva de desaquecimento da economia chinesa, acredita que será mantido um bom intercâmbio comercial entre Brasil e China. "Não posso prever que o ritmo de crescimento (do fluxo de comércio entre os dois países) será o mesmo do ano passado, quando as exportações brasileira para aquele país cresceram cerca de 80%. No entanto, as informações que temos e o desempenho mostrado até agora permite a dedução de que ainda haverá crescimento do comércio bilateral", disse Ramalho, ao deixar o seminário

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.