Comércio reverte mau resultado de setembro

O comércio da região metropolitana da capital paulista vendeu mais em setembro. O faturamento real ficou positivo em 1,65%, contra queda de 5,28% verificado em agosto, ambos com ajuste de sazonalidade, ou seja, levando-se em conta a época do ano.A Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), feita pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (FCESP) em parceria com a Agência Estado, mostra ainda que o varejo paulista está em trajetória de crescimento nos últimos 12 meses, exibindo taxa positiva de 9,70%. O crescimento do grupo de bens duráveis, segundo a economista da FCESP, Rosana Curzel, pode estar relacionado à queda das taxas de juros, expansão do crédito ao consumidor, com incremento de novas formas de pagamento e sensível queda do desemprego. Ainda, segundo a economista, também contribuíram para esse crescimento, após a explosão de consumo provocada pelo Plano Real, a expansão da participação dos hipermercados nessa linha de consumo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.