Comgás começa a expandir rede para a Grande SP

Depois de ter tocado um programa de expansão de sua malha de distribuição de gás canalizado no interior do Estado, a Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) está se voltando para bolsões de consumo da Grande São Paulo. A companhia já está iniciando testes para o fornecimento de gás natural ao município de Ferraz de Vasconcelos, iniciativa que absorveu investimentos de R$ 8 milhões na construção da rede de dutos. A distribuidora planeja investir outros R$ 65 milhões para levar o gás para Itaquaquecetuba e Taboão da Serra, além do bairro de Itaquera, na zona Leste da capital. "Vemos essas áreas como bastante promissoras para a companhia", afirma o diretor de Mercado Industrial da Comgás, André Araújo. Segundo ele, para essas áreas a empresa deverá adotar o mesmo padrão para a expansão da rede: atenderá primeiro a clientes industriais, que servem como âncoras para o investimento na ampliação, para depois capilarizar o fornecimento de gás, até atingir os clientes comerciais e residenciais. Em Ferraz de Vasconcelos, a Comgás atenderá inicialmente a oito indústrias dos segmentos vidreiro, de alumínio e de plástico, que deverão absorver cerca de 12 milhões de metros cúbicos por ano, segundo Araújo. A empresa já iniciou, nessa semana, os testes com o fornecimento para alguns dos novos clientes industriais. Nessas companhias, segundo a concessionária, o gás natural irá substituir o óleo combustível e o GLP como combustível. "Havia uma grande demanda por esse fornecimento", diz o diretor. Segundo ele, as empresas que estão sendo atendidas temiam perder competitividade para concorrentes que já têm o gás natural como insumo. A Comgás se dedicará, agora, a implantar a rede de dutos necessária para atender aos municípios de Itaquaquecetuba e Taboão da Serra, além do bairro de Itaquera. Segundo Araújo, serão construídos 60 quilômetros de dutos, com investimentos programados de R$ 65 milhões. A expectativa da companhia é iniciar o fornecimento para essas regiões entre o segundo semestre de 2005 e o primeiro semestre de 2006. A Comgás está começando a estudar também o atendimento a Alphaville, em Barueri, também na Grande São Paulo. Com o atendimento a Ferraz de Vasconcelos, a Comgás elevou para 46 o número de municípios atendidos em sua área de concessão, segundo dados da empresa. A Comgás atendia, na época de sua privatização, em 1999, a somente 17 cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.