coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Comgás negocia fornecimento com grandes clientes

A Comgás divulgou comunicado comentando a restrição no fornecimento de gás natural pela Petrobras. A empresa diz que procurou, de um lado, reduzir o volume de gás recebido da estatal em até 1 milhão de metros cúbicos por dia e, de outro, negociou com um grupo restrito de clientes consumidores de grandes volumes a substituição de seu insumo energético pelo óleo combustível.A alternativa se baseou em proposta da própria Petrobras, por meio da qual a estatal dará suporte aos impactos financeiros decorrentes da substituição do insumo energético de clientes da Comgás. "Desta forma, Petrobras, Comgás e esse grupo restrito de clientes estão, de forma negociada e estruturada, viabilizando o contingenciamento temporário do gás natural solicitado pela Petrobras, evitando litígios neste momento e não interferindo no regular consumo dos demais clientes, em especial os consumidores residenciais e de pequeno comércio, os quais sempre terão garantia de abastecimento", diz a Comgás."Reafirmamos nosso compromisso com investidores, clientes e fornecedores e esclarecemos que não há intenção de interromper a realização de nossos planos de negócio e metas de crescimento, reiterando a confiança de que nossos supridores estão desenvolvendo esforços adequados à excepcionalidade do momento, para assegurar que eventuais dificuldades tenham seus reflexos minimizados tanto quanto possível", afirma.

AE, Agencia Estado

31 de outubro de 2007 | 11h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.