Comissão da Câmara aprova redução da jornada para 40 horas

Proposta, que deverá ser votada em Plenário em agosto, também aumenta hora extra para 75% do valor normal

30 de junho de 2009 | 16h58

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 231/95, que reduz de 44 para 40 horas semanais, foi aprovada por unanimidade por uma comissão da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, 30, segundo informações da Agência Câmara. A proposta, em tramitação há 14 anos no Congresso Nacional, também aumenta o valor da hora extra de 50% do valor normal para 75%.

 

De acordo com a Agência Brasil, cerca de mil representantes das Centrais Sindicais foram à Casa para acompanhar a votação. Favoráveis à aprovação da PEC, eles aplaudiram a todo momento os deputados da comissão que pediram a palavra.

 

A expectativa é que a PEC seja votada pelo Plenário no início de agosto, segundo o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), que preside a Força Sindical.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.