Comissão da Câmara libera US$ 358 bi para governo de Obama

Dinheiro faz parte do pacote de US$ 825 bilhões do presidente americano para ajudar a economia

Reuters,

22 de janeiro de 2009 | 06h22

Uma comissão da Câmara dos Representantes do Estados Unidos liberou US$ 358 bilhões para os gastos do governo, o primeiro teste-chave do plano econômico dos democratas para salvar a economia americana. Veja também:Erro em texto obriga Obama a prestar juramento pela 2ª vezObama congela salários de altos funcionários da Casa BrancaObama prepara fim de GuantánamoSurge a Casa Branca 2.0 Com Obama, EUA podem voltar a crescer em 2010Cobertura especial da posse no blogCrise e guerras ocupam agenda do primeiro dia de ObamaÍntegra do discurso de posse de Obama O que você achou das roupas de Michelle? TV Estadão: Celso Lafer fala sobre a posse Ouça o juramento de Barack Hussein Obama Veja galeria de fotos da festa A vida de Barack Obama em imagens  Imagens da família Obama    O dinheiro faz parte do pacote de US$ 825 bilhões do presidente Barack Obama para ajudar a economia, que está em recessão desde dezembro de 2007. Nesta quarta-feira, Timothy Geithner, atual presidente do Federal Reserve de Nova York, afirmou que Obama vai apresentar nas próximas semanas um programa de estabilização do sistema financeiro. O plano também vai lidar com a crise no mercado residencial e com os problemas de crédito dos participantes de menor porte do mercado, como pequenas empresas, municípios e estudantes. Geithner prometeu ainda reformar o programa de saneamento do sistema financeiro de US$ 700 bilhões lançado pelo ex-presidente George W. Bush, chamado de Tarp (sigla em inglês). Para ele, o Tarp tem de contribuir para a retomada dos fluxos de crédito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.