Comissão do governo vai mediar conflitos em obras

Uma portaria assinada pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, deve ser publicada na segunda-feira, 2, no Diário Oficial da União, instalando uma comissão permanente tripartite composta por representantes do governo, trabalhadores e empresas. A primeira reunião do grupo está prevista terça-feira, 3, no Palácio do Planalto.

RAFAEL MORAES MOURA, Agencia Estado

30 de março de 2012 | 15h43

A instalação da comissão faz parte de uma série de ações previstas no Compromisso Nacional para Aperfeiçoamento das Condições de Trabalho na Indústria da Construção, lançado pelo governo no início de março, e que pretende facilitar a solução de questões entre patrões e empregados, sem substituir acordos e convenções coletivas já estabelecidos.

Durante o lançamento, foram assinados termos de adesão ao compromisso pelos responsáveis pelas obras das hidrelétricas de Jirau, Santo Antônio e Belo Monte, em Rondônia, que agora estão paralisadas, por motivo de greve dos trabalhadores. Com a comissão, o governo pretende melhorar as condições de trabalho e mediar a resolução de conflitos nas três hidrelétricas e em outras obras.

Tudo o que sabemos sobre:
Governocomissão permanenteobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.