Comissão Europeia aponta 14 países com desequilíbrios macroeconômicos

Holanda e Malta foram os únicos países incluídos na lista, em relação à análise feita no começo do ano

Álvaro Campos, da Agência Estado,

28 de novembro de 2012 | 17h20

BRUXELAS - A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, afirmou nesta quarta-feira, 28, que 14 países do bloco, incluindo França e Reino Unido, precisam urgentemente de uma revisão econômica profunda. O relatório faz parte de um novo sistema de supervisão econômica iniciado em fevereiro, em função da crise da dívida soberana no continente. Holanda e Malta foram os únicos países incluídos na lista, em relação à análise feita no começo do ano.

Segundo a Comissão, os 14 países "enfrentam diferentes desafios e riscos potenciais". Embora a lista de membros problemáticos tenha crescido, o órgão afirma que os países da região estão obtendo progressos na redução do déficit orçamentário, aumentando as exportações e avançando em outras áreas.

Tais esforços são necessários para um crescimento econômico duradouro. Enquanto isso, a Comissão afirma que os atuais problemas vão continuar a prejudicar o crescimento e a geração de emprego em diversos países no curto prazo.

Além dos países citados acima, aparecem na lista: Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Espanha, Itália, Chipre, Hungria, Eslovênia, Finlândia e Suécia. As informações são da Dow Jones.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Comissão europeiaUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.