Comissão Européia corta previsões de crescimento da zona da euro

O crescimento da zona do euro devedesacelerar para 1,8 por cento neste ano, ante a taxa de 2,7por cento em 2007, e a inflação deve manter-se acima da meta doBanco Central Europeu (BCE), previu a Comissão Européia nestaquinta-feira. A Comissão afirmou, em seu relatório de projeções, que aexpansão será contida pela turbulência nos mercadosfinanceiros, pela desaceleração nos Estados Unidos e peloselevados preços das commodities. A previsão foi revista em relação ao prognóstico anterior,feito em novembro de 2007, de 2,2 por cento. Os preços ao consumidor da zona do euro devem subir 2,6 porcento em média neste ano, contra 2,1 por cento em 2007. A metado BCE é mantê-los pouco abaixo de 2 por cento. (Por Jan Strupczewski)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.