Comissão Européia está preocupada com dólar instável

O presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, afirmou que está preocupado com a evolução mais recente de instabilidade entre as principais moedas internacionais. "Movimentos erráticos e muito súbitos nas taxas de câmbio são indesejáveis. Esperamos que as autoridades monetárias (internacionais) colaborem para fazer face a esta situação indesejável à estabilidade financeira e ao crescimento econômico global."Ele ressaltou que a Comissão Européia apóia todos os esforços do Banco Central Europeu (BCE) para manter a estabilidade financeira na zona do euro e no mundo. "O BCE é uma instituição completamente independente, admiramos como tem reagido e temos plena confiança nas suas ações", disse.O presidente da Comissão Européia destacou que embora as perspectivas da economia mundial estejam sujeitas a um grau considerável de incertezas, um "abrandamento" da economia americana será mais pronunciado do que o previsto no médio prazo. Segundo ele, embora os principais bancos centrais do mundo tenham respondido de modo eficaz às "perturbações financeiras" com um conjunto de intervenções realizadas desde o ano passado, os principais mercados de crédito do mundo ainda não estão funcionando plenamente. "Os pontos verificados no sistema financeiro estão apresentando repercussões na economia real. Além disso, os elevados preços do petróleo aumentam os riscos de uma desaceleração da economia mundial", disse."O crescimento da economia mundial será afetado. Tanto a União Européia quanto a América Latina irão sentir o respectivo impacto", informou Durão Barroso. A Comissão Européia revisou para baixo sua previsão de crescimento da economia mundial para 2008 de 4,3% para 3,8%, e para o PIB da zona do euro, de 2,4% para 2,0%. "Tanto a União Européia como a América Latina apresentam, no entanto, um elevado grau de resistência às perturbações verificadas nos mercados financeiros mundiais", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.