Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Comissão Europeia vai propor regras fiscais mais rígidas

Foco será na simplicação dos processos de sanções contra países com déficits orçamentários excessivos

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

20 de setembro de 2010 | 09h18

A Comissão Europeia irá divulgar no fim do mês propostas para tornar as regras fiscais mais rígidas na zona do euro (que reúne os países que utilizam o euro como moeda), disse o comissário de assuntos econômicos e monetários Olli Rehn. Em entrevista concedida paralelamente ao evento para marcar a entrada da Estônia na zona do euro, Rehn disse que o foco das propostas, que devem ser divulgadas em 29 de setembro, será a simplificação dos processos de sanções contra países com déficits orçamentários excessivos.

Rehn afirmou que as propostas incluirão um "reforço muito substancial" da governança e "uma mudança no teto de dívida" se a comissão pedir a aplicação de sanções. Porém, Rehn afirmou que as propostas não preveem a retirada dos direitos de voto sobre certas políticas entre as sanções possíveis, como foi demandado por alguns na Alemanha.

Segundo Rehn, isso envolveria mudança no atual tratado da União Europeia e uma questão para uma força-tarefa formada pelo presidente do Conselho da União Europeia, Herman van Rompuy. Rehn também disse ter "total confiança na Irlanda e em sua capacidade para agir com determinação na conclusão dos ajustes financeiros e na necessária reestruturação de seus bancos". As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.