Comissário da UE inicia viagem ao Chile, Argentina e Brasil

O comissário de Comércio da União Européia, Peter Mandelson, inicia, nesta segunda-feira, uma viagem ao Chile, Argentina e Brasil. O intuito é promover as relações comerciais da UE com a América Latina, assim como as negociações para um acordo comercial com o Mercosul e as conversas da Rodada de Doha.Mandelson chega nesta segunda ao Chile, país que já tem um "bem-sucedido" acordo comercial com a UE, como afirmou a Comissão Européia (órgão executivo da UE) em comunicado. Em Santiago, o comissário europeu se reunirá com a presidente chilena, Michelle Bachelet.A Argentina será a etapa seguinte da viagem de seis dias do britânico Mandelson, que em Buenos Aires se reunirá com altos cargos do governo argentino. Além disso, Mandelson participará de uma mesa-redonda com empresários da Argentina para discutir o andamento das negociações para um acordo de livre comércio entre a UE e o Mercosul.No Brasil, o comissário se reunirá com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, e visitará uma usina de fabricação de bioetanol. Segundo a UE, Mandelson ressaltará durante a visita ao País a importância para a UE e o Mercosul de conseguir um acordo de liberalização comercial na Rodada de Doha.Principal mercadoA Comissão Européia lembrou que a UE é o principal mercado de exportação do Chile, assim como sua maior fonte de importações depois da Argentina e do Brasil.Além disso, afirmou que a América Latina - um dos exportadores mundiais agrícolas mais competitivos - se beneficiaria de maior acesso aos mercados e menores subsídios europeus oferecidos pela UE dentro das negociações da Rodada de Doha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.