Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Comissário europeu vem ao Brasil discutir resíduos em alimentos

O comissário europeu para Saúde e Defesa do Consumidor, Markus Kypranov, deve desembarcar no Brasil na próxima semana para discutir o programa brasileiro para controle de resíduos tóxicos em alimentos com técnicos do Ministério da Agricultura. Ele deve ficar uma semana no Brasil, entre os dias 9 e 13 de outubro. Estão previstas reuniões na segunda, dia 9 e na terça, 10, com representantes do ministério, em Brasília. Neste ano, a União Européia aprovou o Plano Nacional de Controle de Resíduos apresentado pelo Brasil, mas recomendou ao ministério ações adicionais para atender as exigências do bloco. O ministério prometeu implementar as medidas até setembro. Sem as ações adicionais, os europeus ameaçam suspender as importações de carnes bovina, aves, eqüinos e pescados e camarões.Kypranov deve aproveitar a viagem para visitar frigoríficos brasileiros que podem vender carne para o bloco europeu. O roteiro das visitas não foi definida. A União Européia anunciou nesta segunda-feira que não vai alterar as regras de importação de carne bovina do Brasil. Atualmente, há barreiras contra o produto de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. A restrição foi determinada por causa dos focos de febre aftosa diagnosticados no ano passado no Mato Grosso do Sul e no Paraná.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2006 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.