Comitê da Opep recomenda corte de produção em abril

O Comitê de Monitoração Ministerial da Opep, braço técnico que avalia as condições de oferta e demanda do mercado, recomendou que o corte de produção acertado na reunião anterior seja implementado na data prevista, a partir de 1º de abril. Segundo o CMM, se o corte não for executado, haverá um excedente de 3,7 milhões de barris na oferta diária de petróleo. O CMM não propôs encontro de emergência antes da reunião agendada para junho. O encontros informal e formal dos Ministros da Opep estão previstos para esta manhã (horário de Brasília). Normalmente, os Ministros acatam as recomendações do CMM e tomam suas decisões no encontro informal. O encontro formal, normalmente, apenas ratifica as decisões do encontro informal.

Agencia Estado,

31 Março 2004 | 07h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.