Como avaliar um fundo de investimento

A avaliação de desempenho dos fundos de investimento deve considerar a rentabilidade obtida pela carteira por unidade de risco. Este é sistema correto de avaliação de desempenho de qualquer investimento. Não basta pensar no nível de retorno esperado se o cliente não conhece o risco do investimento.Os rankings que consideram apenas a rentabilidade são insuficientes, embora ainda sejam de uso bastante comum. A meta de qualquer investidor é escolher fundos e ativos que tenham maior retorno por unidade de risco, ou seja, que garantam um nível de retorno com menor risco. O gestor do fundo deve ter a preocupação de garantir retorno compatível com o nível de risco aceito pelo investidor.Para fazer uma avaliação que considere o risco, é preciso calcular a chamada volatilidade dos fundos, que é uma medida deste risco. A volatilidade mede quanto o rendimento pode oscilar, para cima ou para baixo, a partir do retorno médio da série avaliada. O Índice de Sharpe tem justamente esta função, de medir o retorno, acima de um patamar mínimo facilmente obtido em outros investimentos por unidade de risco. O rendimento da caderneta costuma ser usado como referência mínima de rendimento porque qualquer pessoa pode aplicar seu dinheiro nesta conta.Nos links abaixo, além de obter maiores informações sobre fundos de investimento, o investidor pode consultar os rankings de avaliação de desempenho dos fundos de investimento disponíveis no Finanças Pessoais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.