Como enxugar as despesas do orçamento

Além de calcular o que já foi gasto e prever quanto terá à disposição para poupar ou consumir em compras futuras, outro fator importante na composição do orçamento doméstico é a economia das despesas. Primeiramente, deve-se ter em mente quais são os gastos essenciais e os que permitem sofrer uma redução de sua despesa. Dessa análise, os primeiros itens a serem cortados serão os supérfluos. Nesse sentido, as freqüências nos salões de beleza podem ficar para segundo plano. Outro aspecto importante é a economia das contas mensais, como água, energia elétrica e telefone.No consumo de água, o importante é evitar o desperdício. Manter as torneiras sempre bem fechadas e verificar regularmente se há vazamentos, goteiras ou "pinga-pinga" são algumas dicas. Aproveitar a iluminação natural, utilizar lâmpadas fluorescentes, evitar banhos demorados e muitos quentes, manter a fiação em perfeitas condições e evitar o "abre e fecha" da geladeira também contribuem para a economia no final do mês. As ligações telefônicas, na medida do possível, devem ser feitas nos horários mais baratos. Cada operadora tem sua tabela específica de horários reduzidos e planos alternativos que oferecem tarifas menores. Usar a Internet de madrugada e nos finais de semana também diminui os gastos da contas de telefone. Nas feiras e sacolões, comprar frutas da estação sempre é mais barato. Já para famílias grandes, uma opção é a compra em supermercados que vendem no atacado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.