Como fazer omeletes sem quebrar os ovos

Desenhista industrial cria equipamento baseado em um brinquedo da era vitoriana que permite fazer ovos quentes mexidos mais saborosos sem quebrar a casca

Economia & Negócios,

25 de abril de 2014 | 12h06

SÃO PAULO - Falta pouco para a tecnologia desmentir o secular provérbio que diz ser impossível fazer omeletes sem quebrar os ovos. O designer industrial Geraint Krumpse, de Chicago, acaba de provar que é possível fazer ovo quente mexido, que é quase uma omelete, sem quebrar a casca do ovo.

A invenção de Krumpse consiste em aplicar ao ovo dois cordões torcidos que, ao voltarem à posição inicial, fazem-no girar, misturando gema e clara. Depois, é só esquentar o ovo a gosto, molinho ou mais duro.

Krumpse explicou ao jornal Daily Mail que o ovo fica mais saboroso porque seu método evita a entrada de ar na gema ao ser quebrada. O resultado é um ovo mexido cremoso, diferente do que a humanidade vem comento até os dias atuais.

O dispositivo, inspirado em um brinquedo de criança era vitoriana, está à venda por US$ 17, o equivalente a R$ 38,00.

Brinquedo. "Eu lembrava de ter visto um jogo infantil antigo que tem dois cordões separados para girar um disco, e pensei que eu poderia aplicar os mesmos princípios em meu projeto para misturar o ovo sem quebrar a casca", explicou o inventor.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Tecnologia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.