Imagem Fábio Gallo
Colunista
Fábio Gallo
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Como poupar para neto que mora nos EUA

Tenho aplicado R$ 650 mil em fundos. Se eu sacar R$ 3 mil por mês, por quanto tempo conseguirei usar esses recursos e quando chegarei em R$ 700 mil?

Fabio Gallo, O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2016 | 05h00

A princípio, esse volume de recursos não acaba e deve atingir R$ 700 mil em aproximadamente 23 meses. Explico melhor, mas antes algumas considerações. Todas as vezes que esse tipo de cálculo é feito, são adotadas algumas premissas e, assim, os resultados devem ser vistos com alguma cautela. Nesse caso, eu adotei que a inflação anual será de 7,3% e os juros acima da inflação de 2,4% ao ano. Um detalhe importante: foi considerado que a aplicação é corrigida pela inflação mais um ganho real de juros, mas a retirada foi corrigida somente pela inflação mensal. Mesmo em respostas anteriores, eu fiz este tipo de consideração, mas nem sempre explicitei para facilitar o entendimento da minha resposta. Nesse caso em particular, o dinheiro não acaba nunca porque o valor retirado conserva-se na faixa próxima a 0,5% ao mês. Obviamente, qualquer alteração nas condições colocadas no cálculo ou mudanças de inflação e taxa de juros irão alterar os resultados. O importante é planejar muito bem sua vida financeira e acompanhar de forma efetiva suas aplicações para poder fazer alterações conforme as mudanças econômicas ocorrerem.

Gostaria de fazer uma aplicação mensal para meu neto (5 meses) se beneficiar quando completar 18 anos. Ele é cidadão americano e mora nos EUA. Existe alguma aplicação que eu posso colocar no nome dele? 

Sim, e isso pode ser feito tanto nos EUA como no Brasil, obedecendo as condições próprias de cada país. Nos EUA, há diversas maneiras de realizar esse tipo de depósito, desde uma conta equivalente a poupança, até pré-pagamentos de anuidades de faculdades que são oferecidos pelos Estados, pagando as taxas atuais, assim firmando preços mais baixos, inclusive para escolas particulares. Há também contas que recebem depósitos bissemanais. No Brasil, é importante que a criança tenha um CPF. Lembre-se que não há idade mínima para obter o documento. Os investimentos mais tradicionais são a caderneta de poupança e os planos de previdência privada. Mas, com o CPF da criança em mãos, você pode realizar aplicações no Tesouro Direto, comprar CDBs, etc. Particularmente, os títulos Tesouro IPCA+ que pagam uma taxa fixa de juro e são atrelados à inflação podem ser muito interessantes para quem planeja algo aplicar por um período longo como 18 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasilCPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.