Como um produto pode impactar a saúde mental positivamente?
Conteúdo Patrocinado

Como um produto pode impactar a saúde mental positivamente?

Nesta sexta-feira, 10, Leslie Witt, CPO da Headspace Health, participa da série Customer-Centric Growth, do McKinsey Talks; Assista!

McKinsey, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

08 de junho de 2022 | 08h00

O mundo está passando por um acelerado processo de mudanças, em todos os âmbitos da vida humana, desencadeadas pela pandemia da covid-19. A recomendação de distanciamento social e a adoção do home office, por exemplo, obrigaram empresas a repensarem novos hábitos de conduta e procedimentos de trabalho. Isso também levou empreendedores e investidores experientes a se voltarem, com empenho ainda maior, ao mercado digital, com o auxílio e melhoria de tecnologias presentes na maioria dos lares. Mas essa nova abordagem, ainda que tenha facilitado as relações sociais, não foi capaz de, sozinha, resolver um outro problema decorrente da crise sanitária: a questão da saúde mental.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o mundo registrou um aumento de 25% nos casos de ansiedade e depressão somente no primeiro ano da pandemia. Isso, inevitavelmente, alterou a rotina das empresas, porque afetou a forma como os colaboradores se relacionam entre si, a maneira como desenvolvem suas tarefas e reagem aos próprios anseios dos consumidores – estes, também, inseridos e abalados por um cenário de incertezas. A saúde mental passou a ser assunto recorrente nas empresas. Mas como inserir essa pauta no quadro de prioridades das empresas?

Para abordar essas questões e dar continuidade à série Customer-Centric Growth, o McKinsey Talks conversará nesta sexta-feira, 10, com Leslie Witt, chief product officer (CPO) da Headspace Health, empresa sediada na Califórnia, nos EUA, e responsável por uma das mais completas e acessíveis plataformas de cuidados de saúde mental através de meditação e mindfulness do mundo.

Com vasta experiência anterior com liderança de produtos, ela discutirá pontos fundamentais para quem deseja iniciar, atualizar ou expandir os seus negócios em meio à pandemia. Para isso, Leslie detalhará o papel do CPO, explicará as características mais desejáveis no processo de escolha de um talento e discorrerá sobre como a saúde mental afeta o espaço de trabalho. Falará ainda sobre os desafios de orquestrar requisitos para o roadmap e, ao mesmo tempo, manter a satisfação do funcionário, de forma a manter times integrados em um ambiente com pessoas saudáveis, tanto física como psicologicamente.

 

Tudo o que sabemos sobre:
McKinsey & Cosaúde mentalempresa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.