Companhia de transmissão de energia de SP será privatizada

O secretário de Energia, Recursos Hídricos e Saneamento de São Paulo, Mauro Arce, afirmou nesta terça-feira que não existe outra alternativa para equacionar a dívida da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) a não ser a privatização da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP). A afirmação foi feita em audiência pública na Assembléia Legislativa para discutir o endividamento da Cesp, de R$ 10 bilhões, e a tramitação do projeto que inclui a CTEEP no programa de desestatização. O secretário afirmou que os recursos da venda serão utilizados para o pagamento de dívidas da Cesp com o governo federal. Ele disse que a Cesp pagou segunda-feira uma dívida de US$ 120 milhões no exterior. "Se não pagasse, ficaria mal para o Brasil. Além disso, estamos fazendo tudo para pagar as dívidas, encontrar uma solução definitiva para a empresa e dar uma boa sinalização ao mercado", disse.

Agencia Estado,

03 Maio 2005 | 17h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.