Companhias abertas estão mais otimistas com o PIB do que o mercado financeiro

As perspectivas das maiores companhias brasileiras para o crescimento do País em 2012 são mais otimistas que as do mercado financeiro. Segundo pesquisa da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) com 53 empresas, 62,7% esperam que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça acima do patamar de 2,3% do relatório Focus do fim de junho, referência para o levantamento. Para 68,6% das empresas a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficará acima de 5% no ano. Nenhuma delas espera queda do índice. A avaliação das empresas quanto a inflação apresentou uma reversão de expectativas sobre a última pesquisa, divulgada no fim do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.