Compense as perdas apuradas em fundos

As perdas em um fundo de investimento podem ser compensadas em outro, por meio de abatimento no Imposto de Renda, desde que as aplicações estejam no mesmo banco. A legislação permite esta compensação, mas a decisão de adotar ou não o sistema é da instituição. Alguns bancos já estão oferecendo o serviço, enquanto outros ainda estão desenvolvendo o sistema de operacionalização.A condição para que o prejuízo em um fundo A seja descontado do IR de outro fundo B é que um e outro fundo estejam dentro da mesma instituição ou sob comando de um mesmo administrador, explica o sócio-diretor da GAP Asset Management, Francisco Corrêa da Costa. Os fundos de renda fixa, incluídos os DI, recolhem o IR todo fim de mês e os de renda variável, como os de ações, apenas na hora do resgate. Os momentos distintos de cobrança do IR fazem com que, no caso do fundo de ações, o investidor que não fizer o resgate compense eventuais perdas apenas dentro do mesmo fundo. Caso tenha feito saque, o prejuízo poderá ser descontado do IR de outro fundo administrado pela mesma instituição. "Supondo que tenha aplicado R$ 100 mil e o saldo tenha encolhido para R$ 80 mil hoje, o investidor poderá compensar a perda dos R$ 20 mil no fundo em que está. Nesse caso, estará isento de IR até que seu rendimento alcance esse valor." A oportunidade de tentar compensar a perda existirá até para quem já tiver feito o resgate. Ou em outro fundo mantido na mesma instituição ou reaplicando até o fim do ano subseqüente ao do saque com prejuízo. O abatimento de perda entre fundos de renda fixa pode ser feito todo fim de mês. Marcello Paixão, diretor de Produtos da Maxblue, distribuidora que oferece fundos de terceiros, diz que o investidor que tiver queda na cota e amargar perda fica com um crédito fiscal que pode ser usado para abatimento no IR em fundo de qualquer outro gestor. "A compensação poderá ser feita em qualquer classe de fundo." O diretor da Maxblue diz que quem teve perda e fez o resgate deve procurar saber o valor e como o crédito fiscal vem sendo compensado em outros fundos. "Se um investidor teve perda de 5% e tem crédito de 3%, como foram usados os 3%?" Ele lembra ainda que a decisão sobre em que fundo será feita primeiro a compensação, em caso de diversos fundos, é em geral dos bancos.

Agencia Estado,

22 de julho de 2002 | 13h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.