Comportamento empreendedor fortalece empresas e carreiras

As empresas já perceberam que investir no perfil empreendedor de seus funcionários cria vantagens competitivas. Isso porque, com as mudanças no ambiente corporativo e das relações de trabalho, desenha-se um novo cenário em que a empresa não é unicamente a responsável pela obtenção de lucro - cujo compromisso passa a ser compartilhado com diversos níveis hierárquicos. Este foi um dos principais temas abordados durante a conferência "O empreendedor na empresa: mobilizando recursos para alcançar resultados" ministrada na última segunda-feira pelo professor Aldemir Drummond, da Fundação Dom Cabral, PhD em Administração pela Universidade de Cambridge,Inglaterra. A palestra integrou o VII Painel AE Gestão & Carreiras, realizado pela Agência Estado, desta vez, em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC), no auditório do Grupo Estado, em São Paulo. A palestra abordou uma faceta relevante da realidade contemporânea das pessoas nas empresas. Diante da crescente competição, foi discutida a necessidade de que as pessoas tenham a capacidade e a iniciativa para perceberem mudanças e oportunidades e influenciarem na adoção de novas práticas, produtos e relações com clientes. Isto significa a adoção de um comportamento empreendedor, o qual usualmente associa-se a pessoas que iniciam seus próprios negócios. Foram discutidas as razões pelas quais tal comportamento é hoje importante para as pessoas, bem como para as empresas. Foi abordada ainda a necessidade das empresas criarem um ambiente que estimule e sustente o comportamento dos seus colaboradores. O evento dá continuidade ao ciclo de conferências desenvolvido pela Agência Estado, em parceria com entidades nacionais e internacionais de excelência no ensino de Gestão e Finanças. O VIII painel será em novembro, com a Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGV).

Agencia Estado,

04 Novembro 2005 | 12h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.