Compra à vista nem sempre é vantagem

O consumidor deve estar atento às condições oferecidas antes de fechar uma compra. No Brasil, muitos lojistas oferecem produtos em três vezes sem juros. Só que, na realidade, os juros do parcelamento estão embutidos no preço à vista do produto. E o consumidor acaba pagando juros tanto na compra a prazo, quanto na compra à vista.Os lojistas costumam argumentar que não estão cobrando juros de quem paga à vista, mas abrindo mão dos juros de quem comprou parcelado. Isso é questionável, pois nenhuma empresa abre mão de cobrir seus custos financeiros. O correto é a loja discriminar o juro cobrado e oferecer ao consumidor opções à vista ou a prazo. E, se o preço for único, o comprador que paga à vista tem direito a um desconto. Se não for dado o desconto, a melhor opção financeira é parcelar a compra. Veja nos links abaixo dicas mais dicas para o momento das compras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.