''Compra coletiva'' pode baratear custos do setor

A solução para a barreira que os pequenos provedores devem enfrentar na compra de conteúdo de TV a cabo passa pela NeoTV - associação que há mais de uma década negocia pacotes para pequenos operadores de televisão por assinatura. Com 52 associados, responsáveis por 120 operações de TV a cabo, a entidade tem uma fila de 70 provedores de internet interessados em fazer parte do grupo. "Recebo dois pedidos por dia, todos de pequenas empresas de banda larga", diz Mariana Filizola, diretora executiva da NeoTV.

Naiana Oscar, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2011 | 00h00

O aquecimento do setor e a chegada de novos associados fizeram a associação desenvolver uma ferramenta para facilitar as compras que intermedeia. Daqui a duas semanas, durante o evento da ABTA, a NeoTV vai lançar um "site de compra coletiva" para fornecedores e associados. "Quem vende equipamentos para TV a cabo, por exemplo, poderá fazer uma oferta no site e estabelecer uma cota mínima para que o desconto passe a valer", explica Mariana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.