Compra da Perez ampliará produção da Petrobrás

A compra da Perez Companc acrescentará 181 mil barris de óleo equivalente (somado ao gás) à produção internacional da Petrobrás, atualmente em torno dos 70 mil barris diários. A empresa fica, assim, muito próxima à meta de 300 mil barris por dia em 2005, estabelecida pelo planejamento estratégico. A Perez Companc é o segundo maior produtor de petróleo da Argentina, com 106 mil barris de óleo equivalente por dia. A empresa tem campos produtores na Venezuela, Peru e Bolívia. Neste último país, é sócia da Petrobrás em duas refinarias e em uma distribuidora de combustíveis.A Petrobrás optou por adquirir o controle da argentina Perez Compac por não encontrar nenhum negócio tão rentável como este no Golfo do México. A informação foi dada pelo presidente da estatal, Francisco Gros, durante uma teleconferência com analistas financeiros sobre a compra da empresa argentina. Gros revelou que o custo do barril da Perez é de US$ 2,40, enquanto no Golfo a estatal só encontrou negócios de três a quatro vezes esse valor. Segundo o presidente, a compra da Perez consolida a posição da estatal na América Latina e está em linha com a estratégia traçada para que a Petrobrás se torne uma grande força internacional. Gros afirmou que não está nos planos da companhia novas aquisições, mas reiterou o interesse na empresa argentina Santa Fé. "É uma empresa pequena e terá pouco impacto na Petrobrás", disse.

Agencia Estado,

22 de julho de 2002 | 14h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.