Compra do frango só foi suspensa para Nova Caledônia

Apesar do anúncio feito na última semana pelo Paraguai, de suspensão de compra de carne e frango brasileira, a secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura informou, nesta segunda-feira, que só foi notificada "oficialmente" da suspensão das importações do produto in natura por parte da Nova Caledônia, uma colônia francesa na Oceania. Não há, até o momento, confirmação de embargo impostos por outros países à carne de frango brasileira, por causa do foco da doença de Newcastle, confirmado na semana passada no Rio Grande do Sul. A secretaria não informou a quantidade que o país compra do Brasil.Paraguai A decisão do Paraguai foi tomada pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Animal(Senacsa). A coordenadora do programa de prevenção de doenças avícolas do órgão, Nélida Ydooyaga, afirmou que a medida é necessária para "preservar nosso status sanitário de país livre da doença de Newcastle". Não há previsão para o levantamento do embargo.O Paraguai é um grande importador de frango brasileiro, mas a maior parte do comércio é feito ilegalmente, facilitado pela proximidade com os grandes abatedouros do oeste do Paraná, Estado que lidera a produção nacional de frangos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.