bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Computador Apple número um é vendido em leilão por US$ 671,4 mil

Vendedor comprou o PC de um aposentado por US$ 40 mil, consertou e conseguiu um autógrafo de Wozniak

27 de maio de 2013 | 10h14

NOVA YORK - O preço das ações da Apple pode estar muito abaixo dos picos do ano passado, mas no mercado de computadores antigos da empresa continua a bater recordes. Um computador modelo An-1, fabricado em 1976, foi vendido por um preço recorde de US$ 671,4 mil em um leilão na Alemanha.

O computador foi vendido pelo leiloeiro Uwe Breker, no sábado, 25. O comprador, segundo o leiloeiro Breker, é um rico empresário do Extremo Oriente que pediu para manter-se anônimo.

 

O valor superou o recorde anterior de US$ 640 mil pago por um modelo semelhante, em leilão realizado em novembro do ano passado na cidade de Colônia, na Alemanha.

Na época o valor já foi considerado surpreendente em relação à venda feita pela casa de leilões Sotheby's, em Nova York, por US$ 374,5 mil em junho de 2012.

Os elevados preços pagos para as antigas máquinas devem-se à fascinação pelo início da era do computador e pela mítica trajetória da Apple e de seus fundadores, Steve Jobs e Stephen Wozniak G.

Parte do fascínio das primeiras máquinas da Apple, segundo Breker, não é pelo que eles são, mas o que eles representam. "É um símbolo magnífico do sonho americano", disse ele. "Dois jovens criaram uma ideia que virou uma das empresas mais admiradas, bem sucedidas e valiosas do mundo".

O comprador anônimo, que pode dar ao luxo de gastar mais do que US$ 670 mil em um velho computador, parece ter gostado do símbolo do sonho que virou realidade empresarial. O Apple An-1 vendido no sábado pertenceu a Fred Hatfield, um engenheiro elétrico aposentado que vive em Nova Orleans.

Hatfield guarda uma carta, datada de 18 de janeiro de 1978 e endereçada a ele, assinado por Jobs. Era uma resposta a Hatfield, que reclamava da falta de software para o Apple-1, também comumente conhecido como Apple I.

Hatfield manteve seu computador número 1 até o início deste ano. Então, um jovem de Texas do ramo de softwares o comprou por US$ 40 mil.O comprador fez a máquina voltar a funcionar e conseguiu um autpografo de Wozniak, o que valorizou o equipamento.

Ao ser informado do valor de venda no leilão, Hatfield disse: "Meu Deus!" Em seguida acrescentou: "Melhor para ele. Ele é um ótimo vendedor".

Tudo o que sabemos sobre:
AppleleilãoJobsWozniak

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.