Comunicado do Bird cita iniciativa contra a fome

O governo brasileiro conseguiu incluir no comunicado final do Comitê de Desenvolvimento do Banco Mundial (Bird) uma referência ao encontro "Ação Contra a Fome a Pobreza", realizado em Nova York, no dia 20 de setembro, por iniciativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi um trabalho de bastidor, que resultou num tipo de citação sem precedente nas declarações do comitê.A iniciativa foi mencionada também pelo ministro do Tesouro do Reino Unido, Gordon Brown, presidente do Comitê Monetário e Financeiro Internacional do FMI. Numa entrevista, Brown disse que o comitê está disposto a considerar novas formas de obter fundos para a ajuda ao desenvolvimento, incluída a criação de um imposto internacional, proposta pelo presidente Lula, do Brasil, e Jacques Chirac, da França.Essa idéia foi rejeitada pelo governo dos Estados Unidos na reunião do dia 20. O presidente do Banco Mundial, James Wolfensohn, disse que o mais importante não é o debate sobre o imposto, mas o interesse em torno da questão da pobreza.A ampliação dos investimentos em infra-estrutura foi um dos temas discutidos na reunião de hoje do Comitê de Desenvolvimento. O ministro Palocci disse que, se os países latino-americanos tivessem investido 10% a mais em infra-estrutura nos anos 90, a economia da região teria crescido 1,5% a mais por ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.