Conab: safra de grãos de 2008 pode ser recorde

Soja é o principal produto cultivado, com estimativa de produção de 58,2 milhões de toneladas

GUSTAVO PORTO, Agencia Estado

08 de janeiro de 2008 | 10h22

A safra brasileira de grãos no período 2007/08 deve ser recorde, totalizando 135,8 milhões de toneladas, número que representa um aumento de 3,1% em comparação com a safra anterior, que foi de 131,7 milhões de toneladas, de acordo com a quarta estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgada hoje. O levantamento indica crescimento de 0,8% sobre as 134,7 milhões de toneladas do levantamento mais recente, apresentado em dezembro. A área plantada deve crescer apenas 0,3% em relação à safra passada, passando de 46,2 milhões de hectares para 46,3 milhões de hectares.GrãosA soja é o principal produto cultivado, com estimativa de produção de 58,2 milhões de toneladas, representando queda de 0,4% ante a safra anterior (58,3 milhões de toneladas). A redução, segundo a Conab, ocorre em virtude das condições climáticas. A ocorrência no fenômeno La Niña levou a uma redução na área cultivada na região Sul do País, por causa de temores com a seca.A produção total de milho deve crescer de 51,36 milhões de toneladas em 2006/07 para 53,36 milhões de toneladas em 2007/08, representando alta de 3,9%. A Conab atribui o aumento aos preços remuneradores do mercado, mas alerta que esse quadro depende do clima nas próximas semanas, já que as lavouras encontram-se em fase de floração e frutificação. A primeira safra de milho (de verão) deve somar 38 milhões de toneladas e a segunda (safrinha, ou de inverno) deve ser 15,3 milhões de toneladas, ambas com alta de 3,9%, iguais a da safra total.A safra de algodão em caroço está estimada em 2,49 mi de toneladas, com alta de 4,8% ante as 2,38 mi de toneladas de 2006/07. O aumento deve-se à garantia de compra por meio de contratos para entrega futura.A Conab estima que a produção de arroz deve ser de 11,9 milhões de toneladas, representando aumento de 5,5% sobre as 11,3 mi de toneladas de 2006/07. O aumento ocorre principalmente pela retomada do cultivo no Rio Grande do Sul. A safra total de feijão está estimada em 3,27 mi de toneladas, com queda de 2,1% ante as 3,33 mi de toneladas da safra passada.A produção de trigo deve ser 3,8 milhões de toneladas. O resultado representa aumento de 71,5% sobre as 2,23 milhões de toneladas da safra passada. Segundo os técnicos da Conab, o crescimento ocorre pela recuperação da produtividade, já que a safra anterior foi castigada pela seca e geada durante o desenvolvimento da cultura e pelas chuvas no período de colheita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.