Concentração acelerada no varejo

Concentração acelerada no varejo

PARA LEMBRAR

, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2010 | 00h00

No último ano, grandes operações de compra, encabeçadas pelo Grupo Pão de Açúcar, mudaram a cara do varejo brasileiro de eletroeletrônicos, reforçando a tendência de concentração no setor.

O primeiro lance do Grupo foi a aquisição das Lojas Ponto Frio, por R$ 824,5 milhões, em junho. Com a operação, o grupo do empresário Abilio Diniz, que tinha uma tímida participação no segmento de eletroeletrônicos brasileiro, com as lojas Extra Eletro e Extra, ganhou terreno, passando a ocupar a segunda posição na lista dos maiores no setor.

Mas o grupo nem esquentou o lugar no ranking. Seis meses depois, em dezembro, o Pão de Açúcar anunciou a fusão com as Casas Bahia, assumindo a liderança absoluta do setor, com um faturamento avaliado em cerca de R$ 18 bilhões, mais de mil lojas e presença em 18 Estados e no Distrito Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.