Concessão de crédito cresce 5,4% em setembro

As instituições financeiras brasileiras concederam 5,4% mais empréstimos para pessoas físicas no mês de setembro (R$ 23,2 bilhões) em comparação com o mês de agosto (R$ 22 bilhões, em valores atuais de setembro), de acordo com a consultoria Partner, especializada em serviços financeiros ao consumidor, com base nos dados fornecidos pelo Banco Central (BC).Álvaro Musa, sócio da Partner, explica que apesar de os números apresentados pelo BC confirmarem a expectativa de recuperação do mercado de crédito ao consumidor, o volume emprestado não foi suficiente para reverter a tendência de queda no Índice de Crescimento Anual (ICA) do setor. Este indicador compara o volume de concessões efetuadas em setembro com o montante emprestado no mesmo mês do ano passado e foi 5,3% inferior, confirmando uma seqüência quase ininterrupta de 9 meses de valores negativos. Destaque para financiamento de veículo Na análise do desempenho das várias formas de concessão de crédito ao consumidor, o principal destaque do mês de setembro foi o financiamento de veículos. Esta modalidade recebeu um volume de concessões 16,6% maior em setembro do que o registrado em agosto. Este desempenho resultou numa recuperação significativa do Índice de Crescimento Anual neste segmento. Em agosto, o ICA do financiamento a veículos foi de 17,7 negativos, contra apenas - 3% em setembro. Refletindo a melhoria nos volumes de concessões novas, os saldos em aberto de todas as modalidades de crédito ao consumidor atingiram R$ 75,4 bilhões em setembro, um pouco acima do patamar de agosto (R$ 75 bilhões em valores atualizados para setembro), revertendo uma seqüência de três meses seguidos de queda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.