finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Concessionárias distribuirão lâmpadas

Concessionárias de energia de todo o País vão distribuir cerca de 10 milhões de lâmpadas compactas eletrônicas fluorescentes de 15 watts (correspondentes a um fluxo luminoso de 75 watts) gratuitamente à população carente nas próximas semanas. A medida, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), terá o objetivo de economizar 800 MW/h, o equivalente à produção de uma usina do porte de Angra 1.As lâmpadas deverão ser instaladas pelas próprias distribuidoras, uma vez que a Aneel quer ter a segurança de que beneficiarão mesmo a parcela da população que consome até 30 kW por mês. O elevado valor (em torno de R$ 20 a unidade no mercado formal) poderá, entretanto, ser um estímulo à comercialização do produto. Mesmo que isso ocorra, raciocinam os técnicos, os objetivos, do ponto de vista da economia de energia elétrica, serão atingidos, uma vez que se pressupõe que outro consumidor usará o produto.A distribuição dessas lâmpadas à população carente será custeada pelo Fundo de Conservação de Energia, para o qual as concessionárias são obrigadas a contribuir com 1% do faturamento. Embora esteja previsto nas normas que regulam a desestatização das empresas de energia, esses recursos nunca foram aplicados adequadamente. Os programas das distribuidoras limitaram-se à entrega aos clientes de folhetos e material de esclarecimento sobre a melhor forma de reduzir o consumo.

Agencia Estado,

18 de maio de 2001 | 08h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.