Concorrentes tentam inabilitar Atento

Os concorrentes da Atento Brasil S/A estão tentando inabilitar a empresa controlada pelo Grupo Telefônica na licitação do call center da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Segundo o diretor da Telematic Tecnologies, Anselmo da Rocha, a Atento não conseguiu comprovar o documento referente ao índice de insolvência, conforme exige o edital de licitação.No momento, a comissão que trata dessa concorrência analisa o assunto. A Atento venceu uma disputa do leilão a viva-voz contra a ACS (Grupo Algar), no qual ofereceu o menor preço para operar o centro de atendimento 0800 da Anatel. Caso seja mantida a vitória da Atento, o diretor de marketing da empresa, Regis Noronha, disse que em 90 dias a empresa já terá assumido o serviço, que hoje é prestado pela Telematic e cujo contrato está se encerrando.Recorrer à Justiça - A Atento poderá recorrer à Justiça Federal, caso se confirme a posição da Comissão de Licitação que inabilitou a empresa na disputa para a montagem do centro de atendimento da Anatel. Isso porque a Atento, apesar de ter vencido o leilão viva-voz contra a empresa ACS, do Grupo Algar, não conseguiu provar o índice de insolvência exigido no edital de licitação.No momento, os integrantes da comissão de licitação estão analisando a documentação da ACS, que havia ficado em segundo lugar na disputa. Caso a Atento entre na Justiça, a Telematic Tecnologies continuará prestando serviço de atendimento à Anatel, como já faz hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.