Concurso para estivador inscreve mais de 8 mil

Mais de 8 mil pessoas fizeram a inscrição para o concurso do Ogmo - Orgão Gestor de Mão de Obra, que abriu 300 vagas para ?trabalhador portuário avulso da estiva?. Mais de mil pessoas, numa fila que se estendia por três quarteirões, esperavam a abertura dos portões da Escola da Marinha, que ocorreu às 8h da manhã desta segunda-feira. Durante todo o dia, a movimentação foi intensa, superando a expectativa da entidade de 5 mil inscrições. Segundo o Ógmo, o trabalhador cadastrado tem renda inicial mensal de R$ 650, chegando até a R$ 1.100. O salário depende dos dias trabalhados e da carga movimentada.Os primeiros da fila foram os "cavalos" - trabalhadores que entram ilegalmente no porto com a carteira branca dos bagrinhos, que são cadastrados pelo Órgão e ficam com o serviço que sobra, depois que todos os estivadores registrados (carteira preta) são chamados. Esses trabalhadores ilegais ficaram acampados, defronte ao local da inscrição, durante uma semana. As vagas foram abertas a pedido desses trabalhadores. Os inscritos vão ter que apresentar a documentação necessária entre os dias 21 e 23 e aguardar o edital da instituição para saber o dia e o local das provas, que deve ocorrer no início de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.