Condomínios terão reajuste de 7%

Quem mora em prédios de apartamento já pode preparar-se para um aumento em torno de 3,5% na taxa condominial, segundo avaliação do vice-presidente de Condomínios e Relações Trabalhistas do Secovi-SP (sindicato da habitação), Benjamim Souza da Cunha. Isso porque, no acordo coletivo, ficou acertado que os empregados de condomínios terão reajuste de 7% a partir deste mês. Além do reajuste salarial de 7%, o valor da cesta básica foi fixado em R$ 38,52. Os pisos agora são os seguintes: zelador (R$ 374,50), porteiro, vigia, cabineiro ou ascensorista, garagista e manobrista (R$ 358,45), faxineiro e demais empregados (R$ 342,40).O aumento vale para São Paulo (capital), São Bernardo do Campo, Diadema, Santo André, São Caetano do Sul, Araçatuba e região, Campinas e região, Guarulhos e região, Osasco e região, Taubaté, Vale do Paraíba e litoral norte. O vice-presidente do Secovi-SP lembra ainda que novembro e dezembro são meses em que as despesas de condomínio costumam subir bastante em razão do pagamento do 13º salário dos funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.