Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Confab investe US$ 3 milhões em novo tubo para saneamento

Após cinco anos de pesquisa, desenvolvimento e investimentos de US$ 3 milhões, a Confab Industrial, empresa do grupo Tenaris, está oferecendo no mercado um novo tipo de tubo para a área de saneamento. O diferencial do produto, desenvolvido inteiramente no Brasil, é que ele não precisa ser soldado, porque utiliza uma espécie de junta elástica.De acordo com o diretor de negócios de tubos da Confab, Tulio Chipoletti, o novo produto promete revolucionar o mercado, porque permite alcançar maior rapidez de montagem, além de ser até 50% mais leve e entre 10% e 15% mais barato que seu concorrente direto, o tubo de ferro fundido."Outra característica única do produto é que ele poderá ser cortado em qualquer ponto, já que a junta elástica pode ser adaptada em qualquer parte do tubo, o que facilitará muito o processo", afirma. Segundo o executivo, o novo tubo já foi homologado pela Sanepar, do Paraná, e pela Sabesp, em São Paulo.A expectativa é de que o novo tubo eleve a participação da Confab na área de saneamento, mas o executivo preferiu não falar em números. Atualmente o segmento responde por 3% da carteira de pedidos da empresa, na frente apenas das vendas para os distribuidores, que responde por 2%. Hoje, 46% da carteira de pedidos da empresa refere-se à exportação e 49% para o setor de petróleo e petroquímica.A previsão é de que em 2003 o novo tubo comece também a ser vendido em outros países da América do Sul. "Acreditamos que esse é um produto de fácil exportação, justamente por suas características, como a leveza, por exemplo", explica. Leia mais sobre os setores de Construção e de Siderurgia no AE Setorial, o serviço da Agência Estado voltado para o segmento empresarial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.