finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Confiança da construção cai 12,3% no tri até setembro, pior resultado da série, diz FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST) recuou 12,3 por cento no trimestre encerrado em setembro na comparação com o mesmo período do ano anterior, marcando o pior resultado da série em meio à redução de trabalhadores no setor.

REUTERS

25 de setembro de 2014 | 08h43

O ICST atingiu 101,6 pontos no trimestre até setembro, contra 115,9 pontos no mesmo período de 2013. Em agosto, o índice havia recuado 9,9 por cento na mesma base de comparação.

"Pela primeira vez tem-se mais empresas assinalando redução de trabalhadores do que aumento, o que deve repercutir no mercado de trabalho nos próximos meses", destacou a coordenadora de Projetos da Construção da FGV/IBRE, Ana Castelo.

A piora do ICST aconteceu principalmente por conta das avaliações do estado atual dos negócios, com o Índice da Situação Atual (ISA-CST) caindo 9,7 por cento no trimestre até setembro sobre o ano anterior, após recuo de 5,5 por cento em agosto.

Já o Índice de Expectativas (IE-CST) perdeu 14,5 por cento em setembro na mesma base de comparação, contra queda de 13,5 por cento no mês anterior.

(Por Camila Moreira)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCONSTRUCAOCONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.