Confiança de serviços recua 3,1% em agosto, 8ª queda seguida, aponta FGV

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou 3,1 por cento em agosto sobre julho, oitava queda seguida, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

REUTERS

28 de agosto de 2014 | 08h45

O indicador chegou a 104,0 pontos em agosto, menor nível desde abril de 2009 (103,4 pontos), contra 107,3 pontos em julho.

Segundo a FGV, o Índice da Situação Atual (ISA-S) subiu 0,8 por cento em agosto na comparação com julho, após ter recuado 7,2 por cento anteriormente.

Mas o Índice de Expectativas (IE-S) perdeu 5,7 por cento em agosto, maior queda mensal desde novembro de 2008 (-11,4 por cento), ante alta de 4,3 por cento em julho.

"A queda acentuada nas expectativas, após dois meses de crescimento, combinada a uma recuperação apenas discreta na avaliação das empresas do setor sobre o momento atual, reforça os sinais de um cenário de baixo crescimento até o final do ano", destacou o consultor da FGV/IBRE, em nota, Silvio Sales.

(Por Camila Moreira)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCONFIANCASERVICOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.