Confiança do consumidor dos EUA cai em junho

O índice de confiança do consumidor dos Estados Unidos, medido pelo Conference Board, caiu para 49,3 em junho, de 54,8 em maio - dado revisado. Economistas esperavam melhora no índice para 56.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

30 de junho de 2009 | 11h42

O indicador de situação presente, que mede a avaliação dos consumidores sobre as condições econômicas atuais, caiu para 24,8 este mês, de 29,7 no mês anterior. Já o índice sobre as expectativas para a atividade econômica nos próximos seis meses recuou a 65,5, de 71,5 no período.

"O declínio no índice de situação presente, causado por uma avaliação menos favorável das condições de negócios e do emprego, continua implicando que as condições econômicas estão fracas, embora não tão fracas quanto no começo do ano", afirmou diretor do Centro de Pesquisa ao Consumidor da Conference Board Lynn Franco. "Olhando adiante, as expectativas sugerem menos condições negativas nos próximos meses, mas não forte crescimento."

Os consumidores ficaram mais pessimistas sobre a situação atual do emprego. O porcentual de entrevistados que acreditam que há bastante emprego caiu para 4,5% em junho, de 5,8% em maio e 14,1% há um ano. O porcentual de entrevistados que acreditam ser difícil arrumar emprego subiu para 44,8%, de 43,9% em maio e 29,7% em junho de 2008. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAconsumidorconfiança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.