Confiança do consumidor na economia cai em maio

Índice de 130 pontos, considerado otimista, tem queda de dois pontos ante abril

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 16h50

A confiança do consumidor na economia brasileira caiu em maio, de acordo com o Índice Nacional de Confiança ACSP/Ipsos, elaborado pela Ipsos Public Affairs para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Segundo o levantamento, o recuo foi de dois pontos no último mês, passando de 132 em abril para 130 em maio de 2007. O índice, considerado otimista, é superior ao mesmo mês do ano anterior, quando ficou em 124 pontos.Com 143 pontos, as regiões Norte e Centro-Oeste continuam as mais otimistas da pesquisa, seguidas da região Sudeste, que manteve os 136 pontos pelo terceiro mês consecutivo. Na região Nordeste, permaneceram os 131 pontos. A região Sul retornou ao pessimismo, passando de 103 para 99 pontos.O Índice Nacional de Confiança ACSP/Ipsos informa ainda que 37% da população brasileira acredita que a situação econômica de sua região para os próximos seis meses vai continuar forte, contra 17%, que estimam o contrário.ComprasCom relação às compras, o indicador aponta uma boa situação para o mercado de eletrodomésticos, onde 45% dos entrevistados disseram ser mais favoráveis a estas aquisições, contra 30% que responderam ser menos favoráveis. Já as compras de imóveis e automóveis, estão em baixa entre os consumidores - 36% afirmaram ser menos favoráveis contra 31% propícias a essas aquisições. A confiança na manutenção do emprego teve ligeiro aumento de 39% para 40%. Já a falta da confiança na segurança do emprego registrou leve queda em maio, de 28% para 27% ante o mês de abril.O Índice Nacional de Confiança ACSP/Ipsos resulta de mil entrevistas realizadas em 70 cidades, e inclui nove regiões metropolitanas brasileiras.

Mais conteúdo sobre:
confiançaconsumidormaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.