Confiança do consumidor nos EUA melhora acima do esperado

A confiança do consumidor norte-americano melhorou em março, influenciada por um ligeiro crescimento no otimismo acerca do mercado de trabalho, de acordo com uma pesquisa privada divulgada nesta terça-feira.

REUTERS

30 de março de 2010 | 11h16

O Conference Board, um grupo industrial, informou que o seu índice sobre a confiança subiu para 52,5 este mês, acima dos 46,4 registrados em fevereiro (dado revisado).

As projeções apuradas pela Reuters variavam de 45,7 a 59,0, com mediana em 50,0.

O índice de expectativas subiu para 70,2 ante 62,9 em fevereiro (dado revisado).

O índice da situação atual aumentou para 26, o maior desde maio de 2009 e acima dos 21,7 de fevereiro (dado revisado).

A avaliação dos consumidores sobre o mercado de trabalho melhorou. O índice dos "postos de trabalho difíceis de obter" diminuiu de 47,3 para 45,8 por cento, enquanto o índice de "vagas abundantes" passou para 4,4 por cento, ante 4,0 por cento.

(Reportagem de John Parry e Wanfeng Zhou)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUACONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.