carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Confiança do consumidor recua nos EUA

Os norte-americanos aumentaram neste mês suas expectativas de inflação para o maior nível em 10 anos e a confiança dos consumidores diminuiu, embora ainda se considere que a recuperação econômica está no caminho certo.

LEAH SCHNURR, REUTERS

27 de março de 2012 | 14h37

Outro indicador divulgado nesta terça-feira mostrou que os preços das moradias nos Estados Unidos ficaram inalterados na comparação entre janeiro desde ano e o último mês de 2011.

Foi a primeira vez desde julho que o índice S&P/Case Shiller de 20 áreas metropolitanas, em base sazonalmente ajustada, não diminuiu, em um sinal de que o combalido mercado imobiliário está se estabilizando pouco a pouco.

Relatório do instituto privado de conjuntura Conference Board mostrou que o índice de atitude do consumidor caiu para 70,2, ante 71,6 no mês anterior. Economistas esperavam uma leitura de 70,3, de acordo com uma pesquisa da Reuters.

Os detalhes do estudo foram variados, com as expectativas dos consumidores diminuindo, embora suas avaliações da situação atual tenham subido para o maior nível desde setembro de 2008.

A melhora na visão dos consumidores sobre o atual momento sugere que eles ainda avaliam que a economia não está perdendo força, informou o relatório.

Mas as expectativas de inflação para os próximos 12 meses saltaram de 5,5 por cento para 6,3 por cento. Este é o maior nível desde maio de 2011.

"A maior parte móvel nesse cenário é o preço da gasolina. Logo, isso está certamente na tela dos radares dos consumidores", disse o diretor e economista sênior dos Estados Unidos em pesquisa em mercados globais do Deutsche Bank Securities em Nova York, Carl J. Riccadonna.

O aumento nos preços da gasolina tem suscitado preocupações de que consumidores ainda frágeis poderiam começar a se sentir pressionados, criando um vão na economia. Os preços na bomba alcançaram 3,92 dólares o galão na semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUACONFIANCACONSOLIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.