Confiança do empresariado alemão cai pelo 2º mês

O índice de confiança do empresariado alemão caiu em abril pelo segundo mês seguido, mas permaneceu relativamente próximo ao seu maior patamar histórico, o que favorece a tese de que o Banco Central Europeu deve elevar o juro novamente para desacelerar a taxa de inflação.

AE, Agencia Estado

21 de abril de 2011 | 10h44

"Apesar dos riscos consideráveis internacionalmente, a situação entre as empresas alemãs continua excelente", disse o presidente do instituto de pesquisa Ifo, com sede em Munique, Hans-Werner Sinn.

Segundo o instituto Ifo, o índice de ambiente para os negócios caiu para 110,4 em abril, de 111,1 em março, para abaixo do consenso dos economistas de 110,5. Mas está próximo ao recorde de alta de 111,3 atingido em fevereiro, após nove meses seguidos de elevação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaeconomiaIfo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.