Confiança do empresário alemão sobe para maior nível em 3 anos

Índice medido pelo instituto IFO avançou para 106,7 em agosto, melhor resultado desde meados de 2007 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

25 de agosto de 2010 | 07h54

A confiança dos empresários da Alemanha subiu em agosto, desafiando notícias recentes que sugeriram que a desaceleração da economia mundial poderia reduzir a demanda pelas exportações do país, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto IFO.

O instituto afirmou que o índice de confiança das empresas da Alemanha aumentou para 106,7 em agosto, de 106,2 em julho, em dados não revisados, o maior resultado desde meados de 2007, antes dos primeiros sinais de alerta da crise financeira.

Os analistas ouvidos pela Dow Jones tinham previsto uma leitura de 106 em agosto.

Segundo o IFO, o subíndice de condições atuais aumentou para 108,2 em agosto, de 106,8 em julho, enquanto o subíndice de expectativas para negócios recuou para 105,2, de 105,6. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhaconfiançaempresáriosagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.