Confiança do empresário alemão tem maior avanço em 20 anos

Em julho, índice Ifo cresceu 4,4 pontos, alta recorde desde a reunificação da Alemanha

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

23 de julho de 2010 | 07h28

A confiança do empresariado alemão teve em julho o maior avanço desde a reunificação da Alemanha, em 1990, contrariando as expectativas de retração. O índice composto do instituto Ifo sobre expectativas e situação corrente subiu 4,4 pontos para 106,2 em julho. A previsão dos economistas ouvidos pela Dow Jones era de queda do índice para 101,5.

"Esta alta é a maior desde a reunificação da Alemanha. A economia alemã está em festa novamente", disse o presidente do Ifo, Hans-Werner Sinn.

A utilização da capacidade industrial está agora "somente um pouco abaixo da média de longo prazo", observou.

Executivos de aproximadamente 7 mil empresas alemãs que participaram da pesquisa entram no segundo semestre do ano com maior otimismo.

O índice de expectativas para os próximos seis meses subiu 3 pontos para 105,5, enquanto o índice da situação presente avançou 5,6 pontos para 106,8. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.