Confiança do empresário na Alemanha cai a mínima recorde

A confiança do empresário na Alemanha atingiu nova mínima recorde em fevereiro, indicando o aprofundamento da recessão na maior economia da zona do euro, informou hoje a pesquisa do instituto Ifo. O índice de sentimento do empresariado Ifo caiu para 82,6 este mês, de 83 em janeiro, para o menor nível desde que o índice começou a ser registrado, em 1991. O resultado ficou abaixo das projeções de analistas, de estabilidade.As sete mil empresas que participaram do levantamento do Ifo se mostraram mais sombrias em relação à situação atual dos negócios, com queda no indicador para 84,3, de 86,8 em janeiro. No entanto, o índice que mede a expectativa das empresas nos próximos seis meses subiu para 80,9 de 79,5 em janeiro. "O contínuo declínio do índice sugere que o PIB (Produto Interno Bruto) irá seguir caindo rapidamente pelo menos no início deste ano", disse Jennifer McKeown, economista do Capital Economics. Analistas acreditam que o PIB alemão irá contrair de 2% a 3% este ano, o que irá marcar o mais profundo declínio desde a Segunda Guerra Mundial. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.