Confiança do investidor alemão tem alta inesperada em dezembro

A confiança do investidor e analista alemão subiu inesperadamente em dezembro, pondo fim a uma série de nove meses de declínios, mostrou uma pesquisa nesta terça-feira.

REUTERS

13 de dezembro de 2011 | 14h31

O índice econômico do instituto de pesquisa ZEW subiu para -53,8, ante -55,2 em novembro.

"A confiança econômica para a Alemanha parece ter deixado o piso", disse o presidente do ZEW, Wolfgang Franz, em comunicado.

"Aparentemente, o mercado financeiro espera que a atividade econômica tenha desaceleração, mas não queda durante os próximos seis meses. As decisões do último encontro da UE (União Europeia) podem ter melhorado as expectativas de analistas", acrescentou.

O índice foi baseado numa pesquisa com 287 analistas e investidores realizada entre os dias 28 de novembro e 12 de dezembro, informou o instituto.

Economistas estimavam que a leitura caísse mais, a -56,5, segundo pesquisa da Reuters.

O índice de condições atuais recuou para 26,8, ante 34,2 na leitura anterior e previsão de 31,0.

(Reportagem de Sakari Suoninen e Eva Kuehnen)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROALEMANHACONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.