Confiança do norte-americano cresce e melhora o mercado

A melhora no índice de confiança dos consumidores norte-americanos, que atingiu em julho o maior nível dos últimos dois anos, animou o mercado acionário dos Estados Unidos e do Brasil. O índice Dow Jones da bolsa de Nova York fechou em alta de 1,24% e o Nasdaq subiu 1,64%. O Ibovespa valorizou 1,97%, para 21.737 pontos, com giro de R$ 920 milhões.O dólar comercial oscilou muito nesta terça-feira, sempre para baixo. No fechamento, a moeda norte-americana recuou 0,42%, cotada a R$ 3,064 - após cinco dias úteis em alta. No mercado da dívida externa, o C-Bond subiu 0,27% para 93 centavos de dólar. O risco Brasil fechou em discreta alta de 1 ponto em 628 pontos base. No mercado de juros o dia também foi de recuperação, com os contratos futuros, os DIs, projetando juros mais baixos. Na BM&F, os DIs de janeiro/05 caíram para 16,51%, contra 16,57% na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.